9 de jun de 2013

Nota sobre minha saída do Nós, Autores

   Em junho de 2011 eu entrei em contato com os representantes de comunicação da Saraiva e lhes apresentei um projeto, chamado "Nós, Autores", pelo qual rapidamente eles demonstraram interesse e abriu o espaço. A partir de setembro daquele mesmo ano o projeto teve início, com apresentação mensal, e durante os 2 anos em que estive a frente dele pude testemunhar o crescimento e a profissionalização da nova safra da literatura brasileira.

   Com o intuito de fazer com que o autor e o leitot interagisse num espaço descontraído, o balanço desses 2 anos de projeto é extremamente positivo. Todos os convidados tiveram suas carreiras exponencialmente aceleradas - alguns, inclusive, tornando-se best-sellers com carreiras internacionais. Dentre os muitos a quem tive oportunidade de entrevistar estão Eduardo Spohr, Ronaldo Wrobel, Raphael Draccon, Patrícia Barboza e Babi Dewet, apenas para nomear alguns. A todos os convidados eu desejo do fundo do meu coração que suas carreiras literárias brilhem ainda mais!

   Porém, desde o início de 2013 muitas coisas mudaram na minha vida, afinal, Janda Montenegro também é escritora e também é uma pessoa normal, como qualquer outra. No início do ano eu mudei de apartamento e desde então estou morando sozinha. Isso trouxe mudanças drásticas na minha rotina e meu tempo livre foi reduzido a quase zero. De verdade. A sensação que tenho é de estar sempre correndo contra o tempo, atrasada com alguma coisa - inclusive com o Nós, Autores.

   Eu me dei conta de que não conseguiria mais manter meu compromisso, afinal, para cada apresentação há toda uma logística que envolve escolher o convidado, ver se a data bate com a agenda, garantir a remessa de livros, marcar a data, ler o(s) livro(s) do convidado, elaborar perguntas. Tudo isso toma um tempo enorme e que eu fazia de coração aberto e o faria sempre, porém, eu não estava mais conseguindo dar conta de tudo isso. E para não fazer mal feito, prefiro deixar o cargo.

   Espero em breve poder voltar. Eu adoraria, de verdade, afinal, o Nós, Autores é e sempre será um projeto de minha autoria e do qual eu sempre terei muito orgulho!

Artigos Relacionados

0 comentários: